RSS

Tudo acaba…

28 set

Seja por amor, seja por apego, ou simplesmente pelo desejo vão da continuidade indefinida, tentamos sempre impedir o fim ou, pelo menos, prolongar a existência de tudo o máximo que podemos. As reticências no título desse post demonstram o quanto é difícil para todos nós colocarmos um ponto final em nossas questões de vida.

E quando o ponto final é para a vida em si, a dificuldade é quase tão grande quanto a vontade de que o eterno seja a lei da existência.

Essa semana as reticências que vinham se prolongando transformaram-se em ponto final na vida de Seu Vicente, o meu vô Pipoca. Perdi meus avós paternos há alguns anos e já tinha me esquecido da dor que é perder alguém de quem se gosta tanto. Mas não vou ficar falando dessa dor. Ela vai permanecer aqui, por muito tempo, vai sumir por vezes e vai voltar latejando e momentos inesperados. E, um dia, vai se diluir nas emoções do dia a dia…

E vai ficar, além da lembrança terna, a certeza de que tudo tem um fim.

Por isso, decidi que este é o último post da Toca do Cuty. O blog existe desde 2006 e foi o espaço que usei para externar sentimentos, reclamar, escrever sobre meus projetos e devanear. Mas faz algum tempo que não tenho podido dedicar meu tempo à Toca e venho dando uma sobrevida desnecessária ao blog. Por isso, em homenagem ao Vô Pipoca, àquele que, mesmo sem querer, sempre nos ensinou muito sobre a vida, a Toca vai se calar agora e para permanecer num silêncio altivo pelo tempo em que os servidores do WordPress decidirem mantê-la no ar.

Jamais pensei que fosse finalizar a Toca com uma foto de time de futebol. Mas não é um time qualquer, é o Boca Júniors. Não aquele da Argentina, um muito mais importante e feroz, capaz de fazer o campo do distrito de Paula Lima ferver mais do que o La Bombonera. O time foi liderado pelo temido e furioso Seu Vicente, de pé torto e caráter reto. A foto não revela, mas esse Boca aí de baixo ostentava cores bem diferentes das do seu irmão argentino. Era tricolor: verde, branco e vermelho. Era o orgulho do Vô Pipoca!

A foto abaixo, restaurada, foi meu presente para ele na última vez em que o vi. Quando ele a pegou, demorou um pouco para ter certeza do que se tratava, mas logo começou a dizer os nomes dos jogadores e a relembrar os momentos sobre o gramado. Olhando nos seus olhos era possível ouvir o som da torcida, sentir o cheiro da terra que se solta ante a fúria das chuteiras, ouvir os gritos, os pedidos de passe, os gritos de gol. E pensando agora sobre aquele momento, sobre as lembranças que romperam o tempo e se refizeram na retina cansada de meu avô, compreendo as reticências do título, pois tudo acada… mas não na memória.

Vô Pipoca treinando seu Boca Júniors

Vô Pipoca treinando seu Boca Júniors

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em setembro 28, 2012 em Devaneios

 

2 Respostas para “Tudo acaba…

  1. Rafael Saldanha

    setembro 28, 2012 at 9:53 am

    Meus pêsames pelo seu avô. Também perdi um, pouco antes do último natal, e ainda não assimilei direito. Gostaria de ter tido a oportunidade de saber dos “Boca Juniores” dele – ou qq outra coisa q ele quisesse me dizer no fim…
    E lamento o fim da Toca… Mas entendo que as vezes é preciso “matar” algo para que outra coisa – nova – surja…

     
  2. Daniel

    setembro 28, 2012 at 1:58 pm

    O texto mais uma vez emocionou e ficou ótimo, mas além do pesar por seu avô, vejo também com pesar o fim da toca, esta que apesar de meio largada (correria do dia-a-dia), sempre foi bem legal.
    Forte abraço e boa sorte nos seus novos projetos, porque pelo que sei e conheço de você, parado o Sr. não fica.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: