RSS

A cruzada de Pedro Cardoso contra a nudez

11 nov

O ator Pedro Cardoso (o Agostinho de “A Grande Família”) lançou, na premiere de seu filme “Todo mundo tem problemas sexuais”, um manifesto contra o excesso de nudez nos meios de comunicação. Em primeira instância temos a impressão de que o ator está usando de um falso moralismo ou tentando chamar atenção através de um discurso dialético sobre o nú. Mas não é isso que está acontecendo.

Já faz algum tempo que estou alienado dos meios de comunicação de massa (leia-se TV aberta, jornais e revistas populares e rádios). Fico informado através da internet (prinicipalmente pelo Twitter da BBC Brasil) e por jornais locais, para saber notícias de minha região. No entanto, há dois domingos atrás, depois de voltar da viagem ao Caraça, ficamos zapeando a TV na missão ingrata de encontrar algo “assistível”. E entre baboseiras do Faustão e breguices do Gugu conseguimos encontrar um programa de entrevistas da TVE (ou Rede Minas, ou Rede Brasil, já não sei mais qual é…). O convidado era Pedro Cardoso, que do segundo bloco em diante falou apenas de seu manifesto sobre a nudez na TV e nos outros meios de comunicação.

Não vou me alongar aqui repetindo o que o sério e enfezado “Agostinho” falou. Para ler o texto dele, acesse: http://todomundotemproblemassexuais.zip.net/. Ali você poderá ler na íntegra o manifesto, os complementos feitos a ele pelo próprio Pedro e os comentários de quem passou por lá.

Meu objetivo aqui é reiterar o que foi dito pelo artista “global” (que não poupa nem a Globo). De fato a nudez deixou de ser algo artístico para contaminar os meios de comunicação de tal forma, que passou a ser o fim em si mesma. Não se tem o nú como parte de um trabalho artístico, mas sim como o foco central e o efetivo produto de venda da arte. Isto é, o nú é o que vende e não a arte em si. E isso só faz decair tanto a qualidade dos trabalhos artísticos, em qualquer área, quanto o próprio valor atribuído àquela arte – e não estou falando de valor financeiro. Essa escala de valorização da nudez despropositada (no sentido da arte, pois tem um propósito inegável de venda fácil) transforma-se num ciclo vicioso, que destrói todos os conceitos por trás da arte. Se o nú é o que vale, por que lançar mão de técnicas, conceitos e teorias para produzir?

E não pensem que a ditadura dos peladões está muito longe da nossa realidade. Temos exemplos de livros de RPG que têm capas com bundas de fora e imagens sensuais sem a menor razão de ser. Um desses livros, se me lembro bem, teve que ser vendido em alguns estados com uma tarja preta na capa, de tão apelativa que a imagem era. E os mangás?! Eu sei, existem os Hentai, que são feitos para serem eróticos. Mas dentro das publicações comuns há sempre um apelo para a suposta “mente tarada japonesa”. E não é só na arte seqüencial oriental. Quem nunca se pegou admirando as belas curvas e decotes da Emma Frost numa revista dos X-Men?

Um artista sério tem que competir com outros que se valem do uso de imagens ou mesmo de elementos eróticos para seus trabalhos. Numa sociedade que está educada para receber a pornografia disfarçada como algo corriqueiro, o artista sério sai perdendo. E é esse o grande ponto: o público deveria ter olhos para o verdadeiro fazer artístico e não para fórmulas prontas, facilmente compreensíveis e imbuídas de um vazio que se “preenche” com um “conteúdo” despido…

Vejam bem, assim como o Pedro Cardoso, não sou contra a nudez. Pelo contrário, é claro que o que é belo deve ser mostrado. Mas deve-se saber respeitar os limites, deve-se ter o nú onde é para haver o nú e a nudez, quando imiscuída na arte, deve ter uma razão de ser e não ser jogada ali apenas como um atrativo barato. Devemos repensar essa escala de valores, pois a estética está sendo substituída por seios, bundas e curvas à mostra (ou muito mais). Se continuar do jeito que está, daqui há algum tempo teremos uma confusão tão grande que classificações como “revistas masculinas”, “filmes pornôs”, “sites eróticos” etc., irão desaparecer, pois os conteúdos de tais mídias estará misturado ao de outras mídias e, ao entrar no Google, por exemplo, você (e seus filhos e filhas) irá se deparar com a bundassa da Mulher Melancia de pano de fundo do site.

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em novembro 11, 2008 em Opinião

 

Tags: , ,

2 Respostas para “A cruzada de Pedro Cardoso contra a nudez

  1. Guilherme

    novembro 12, 2008 at 4:18 pm

    Foda-se o Pedro Cardoso! Esse cara é viado! Deixa as safadas mostrarem as bundas pô! E além disso reclamar não vai adiantar nada! Perda de tempo!

    Nunca ouviu falar de seleção natural? Que o bem sempre ganha … ? Quando o safadômetro estiver no máximo aí todo mundo procura o verdadeiro artista!

    Você falando bonito e eu te escrachando heim ?!

    Não se esqueça que vc é karateca!!!

    Oss!!!

    Guilherme

     
  2. Moisés

    setembro 17, 2009 at 10:17 pm

    Sempre quando alguém tem um ideal sério vem um idiota criticar com argumentos ínfimos e vulgares, né Guilherme?

    No Brasil é sempre assim… por isso que o Brasil não sai do buraco da condenação… é assim com a política (se aparecer alguém com uma proposta séria, idiotas lá de dentro o corrompem), é assim na empresa (se aparecer alguém com uma idéia legal de projeto, idiotas derrubam o cara lá dentro), é assim com pessoas que montam ONG’s para ajudar comunidades carentes (aí vem um idiota capacho ou idiota traficante ou idiota rico metido para derrubar e denegrir o trabalho da ONG), é assim nas faculdades (se aparecer um cara com um sentimento de querer ajudar a mudar o mundo, sua idéia de monografia não é levada a sério e um idiota que só vive no bar bebendo passa de ano de boa)… se é sempre assim em qualquer lugar, logicamente que os ideais de um grande ator como o Pedro Cardoso tem que ser questionado por idiotas empresários que querem continuar a ganhar dinheiro com a falta de criatividade na televisão e idiotas telespectadires que querem continuar vendo essas porcarias e incentivam isso… mulher a gente vê na zona ou em casa… TELEVISÃO É CULTURA, BURRO!!!

    Coloca isso na cabeça e quem sabe, quando todos colocarem, a gente muda o Brasil!!!

    Falows

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: